Quem sou eu

Minha foto
Cariacica, Espírito Santo, Brazil
Um rapaz que acredita que nunca se é velho demais para ser um Treinador Pokémon.

Postagens populares

Tecnologia do Blogger.

Follow by Email

Pesquisar aqui

O que é o Dossiê de Mistérios Pokémon?
Viagens no tempo, alienígenas, OVNIs, universos paralelos, ruínas antigas. Existem lendas urbanas e rumores que envolvem os Pokémon de alguma maneira. Mas seriam esses realmente apenas rumores? Especialistas na área se juntam para uma extensa discussão sobre esses fascinantes mistérios! 

Mas é você que decide em quem acreditar…
Abordando os quatro grandes mistérios de Pokémon!
Ruínas antigas, viagem temporal, rumores de extraterrestres - existem muitas coisas estranhas neste mundo que não podem ser explicadas só pela ciência. A ideia de que tudo está profundamente conectado aos Pokémon que conhecemos é uma que muitos compartilham. É por isso que nossa equipe está investigando esses eventos sobrenaturais, especialmente aqueles conhecidos como mistérios do mundo, de todos os ângulos possíveis. Sem nenhuma surpresa, o que chamou nossa atenção foi a presença dos Pokémon! Não importa de qual ângulo você olha, a existência dos Pokémon guarda a chave para os mistérios do mundo…
Vamos revelar o panorama geral!


Moderador: Sakuji, o Maníaco por Ruínas
Comentarista: Hitomi, a Maníaca Ocultista
Comentarista: Prof. Oonuki, o Cético




Arquivo 4: Ruínas Antigas x Pokémon

Culturas mais avançadas que as do presente? Os mistérios por trás das ruínas antigas!
Ruínas antigas pontilham muitas regiões. A partir de descobertas feitas em diferentes áreas, surgiram teorias sobre a existência de uma "civilização super antiga" com tecnologia mais avançada que a que possuímos hoje.
Ruínas antigas são estruturas construídas em tempos antigos. Elas variam de cavernas e torres a cidades antigas inteiras, mas algo que todas elas partilham em comum são textos que sugerem a existência de tecnologia avançada e o fato de que eles veneravam Pokémon como deuses.


Ruínas remanescentes nas diferentes regiões:

Kanto (Ilhas Sevii)
  • Ruínas Tanoby
  • Buraco Pontilhado
Johto
  • Ruínas de Alfa
  • Ruínas Sinjoh (em território fora de Johto)
Hoenn
  • Pilar do Céu
  • Câmara Selada
  • Ruínas do Deserto
  • Caverna da Ilha
  • Tumba Ancestral
Sinnoh
  • Ruínas de Solaceon
  • Ruínas antigas da Cidade de Celestic
  • Pilar da Lança
Unova
  • Ruínas Abissais
Kalos
  • Ruínas antigas da Cidade de Geosenge
Alola
  • Ruínas do Conflito
  • Ruínas da Vida
  • Ruínas da Abundância
  • Ruínas da Esperança

Investigando as ruínas antigas que foram parar no fundo do oceano!
Para desvendar os mistérios por trás da civilização super antiga, decidimos investigar as Ruínas Abissais na região de Unova. Como o nome sugere, essas ruínas se encontram nas profundezas do leito oceânico e podem ser alcançadas por mergulho. Dessa forma, obtivemos a ajuda de um Treinador Pokémon guia e começamos a filmagem. Lá fizemos descobertas chocantes!
Escritas antigas. Nas paredes das Ruínas Abissais, fora talhada criptografia antiga e misteriosa. Segundo nosso guia, tratava-se de pistas apontando para um tesouro escondido. Usando o método de decodificação que aprendemos com nosso guia, nós pudemos lê-las.

Conseguimos ler os textos, mas as palavras continuaram confusas. Isso era tudo que nosso guia sabia, então paramos nossa caça ao tesouro e prosseguimos com a investigação das ruínas. Só que o interior era complexo e a correnteza forte nos empurrava de volta para a superfície periodicamente, atrasando nossa averiguação consideravelmente. Chegar à área mais interna provou-se especialmente difícil. Possivelmente por causa dos mecanismos que os povos antigos empregaram para esconder a existência da civilização super antiga. Apesar de termos insistido por várias horas, fomos incapazes de fazer qualquer avanço real em nossa investigação.
Em seguida, nosso guia nos mostrou itens encontrados nas Ruínas Abissais. Entre eles estavam objetos antigos de 3000 mil anos de idade como moedas de ouro e vasos, assim como placas com figuras talhadas nelas. Seu uso permanece desconhecido. Esses objetos que a tecnologia moderna é incapaz de analisar podem ser a verdadeira prova da existência da civilização super antiga. E de onde eles obtiveram sua tecnologia avançada? A ideia de que eles a obtiveram do futuro talvez não esteja fora de questão…

A chave para provar a tecnologia das civilizações super antiga jaz em sua escrita!
Um dia, enquanto conduzíamos nossa investigação, recebemos uma carta de uma fonte desconhecida. Ela continha uma única frase: "estude os símbolos". Confiando na carta misteriosa, nos aprofundamos no estudo da escrita nessas ruínas.
Além da escrita antiga encontrada nas Ruínas Abissais, existem outras duas escritas antigas principais que foram usadas. Uma fora feita de diferentes combinações de pontos. Essas podem ser encontradas no Buraco Pontilhado em Kanto e na Câmara Selada em Hoenn. Dizem que decifrar esses escritos pode levar a Pokémon especiais.

A outra escrita antiga é conhecida como a criptografia Unown. Essas podem ser encontradas nas Ruínas de Alfa na região de Johto, e são muito similares ao Pokémon Unown. Existem 28 tipos de Unown, o mesmo número de pictogramas. Até o momento, ainda não se sabe se os pictogramas vieram primeiro ou se os símbolos são baseados nos Unown. Além do mais, como nenhum ovo foi encontrado, alguns pesquisadores teorizam que os Unown possuem alguma relação com as Ultra Bestas. Talvez, pesquisando os Unown, possamos chegar mais perto da verdade por trás das ruínas antigas.
Nosso desafio continua.

Sakuji: E nosso tema agora é ruínas antigas. Minha especialidade! Podem me perguntar qualquer coisa, senhoras e senhores!
Hitomi: Eu nunca vi você tão animado assim…
Oonuki: Eu digo o mesmo. Mas permita-me dizer isto: é impossível que uma civilização antiga fosse mais avançada que a moderna! Não trate o avanço científico de forma tão leviana.
Sakuji: Não, deixem-me dizer uma coisa! A civilização super avançada existiu sim! Existe muita prova disso. Entre pesquisadores, há até mesmo uma teoria de que eles obtiveram sua tecnologia do futuro.
Hitomi: Opa, que teoria maravilhosa… Eu voto nela…
Oonuki: Isso é botar o carro na frente dos bois! Digamos que viajantes do tempo vindos do futuro tenham existido sim, por que eles dariam essa tecnologia para bárbaros primitivos? Por que não a dariam para, vejamos, um inteligente homem moderno como eu!
Hitomi: …Eu acho que consigo ver o porquê…
Sakuji: Eu também.
Oonuki: O que isso quer dizer!
Sakuji: Bom, vamos colocar o papo sobre o futuro de lado. Nós encontramos textos singulares nessas ruínas. Ter uma comunicação baseada na escrita pode ser considerado um sinal de sociedade avançada.
Oonuki: Ah é? Então você acha que os rastros deixados por Seviper, que mais parecem rabiscos, são provas de cultura. Até minha caligrafia é melhor. *escreve num papel*
Sakuji: …Isso é horrível.
Hitomi: Parece o rastro de um Zigzagoon… ou as pegadas de um Snorlax que acordou no susto e correu para achar comida…
Oonuki: Que maldade!
Hitomi: O que é que você escreveu…?
Oonuki: Para, você consegue ler! Diz Unown. Unown!
Hitomi: …Você devia se desculpar com os Unown…
Oonuki: O quê!
Sakuji: Eu concordo com a maníaca do oculto! Você deve se desculpar imediatamente! Devemos nos apressar para as Ruínas de Alfa agora mesmo!
Hitomi: Ufufu… Unown, que divertido…
Oonuki: Vocês dois só querem ir lá! Me deixem em paz! Me deixeeeeem!


Arceus, aquele que criou o mundo antigo e os Pokémon?
Agora, nós discutiremos o conto da estranha experiência de um certo Treinador. Dizem que ele foi às Ruínas de Alfa com o Pokémon Mítico Arceus. De repente, sua visão se escureceu e eles pareceram ter sido teleportados para outro local. Eles estavam nas distantes Ruínas Sinjoh. Nessas ruínas, onde dizem haver uma fusão das culturas de Sinnoh e Johto, havia um altar sagrado construído para adorar Arceus, chamado Altar Mystri. Reza a lenda que quando Arceus sobe nesse altar, tempo, espaço e antimatéria se misturam e criam um novo mundo.
E então Arceus dá a luz ao deus do tempo Dialga, ao deus do espaço Palkia e ao deus da antimatéria Giratina.

Texto e imagem originais em: http://www.pokemon.jp/special/mystery/file/04.html

0 comentários: